domingo, 27 de dezembro de 2009

Alunas do ProJovem Urbano de Sobral da sala 01 do Colégio Carmosina, juntamente com os demais colegas e a professora de participação cidadã organizaram uma sessão de cinema com o filme "escritores da liberdade".

CAMINHADA PELA PAZ

video
Os Professores e os alunos do ProJovem Urbano de Sobral, organizaram uma mobilização para conscientizar as pessoas da comunidade do bairro sumaré da necessidade de cultivar a paz. Fez-se uma passeata pelas ruas do bairro com um carro de som convidando as pessoas a participarem e falando da necessidade destas ações já que, este bairro é tido como violento. Todos os alunos se fizeram presentes, pelo fato, de estarem fazendo trabalho sobre o tema.

domingo, 13 de dezembro de 2009

AIDS - SIDA

AIDS
Contágio da Aids , medicamentos contra AIDS, sintomas da AIDS, formas de prevenção, tratamento,
o vírus HIV, o desenvolvimento de vacinas contra Aids

virus da AIDS
vírus da Aids

Introdução : sabendo mais sobre Aids e HIV

A sigla Aids significa Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. O vírus da Aids é conhecido como HIV e encontra-se no sangue, no esperma, na secreção vaginal e no leite materno das pessoas infectadas pelo vírus. Objetos contaminados pelas substâncias citadas, também podem transmitir o HIV, caso haja contato direto com o sangue de uma pessoa.

Após o contágio, a doença pode demorar até 10 anos para se manifestar. Por isso, a pessoa pode ter o vírus HIV em seu corpo, mas ainda não ter Aids. Ao desenvolver a Aids, o HIV começa um processo de destruição dos glóbulos brancos do organismo da pessoa doente. Como esses glóbulos brancos fazem parte do sistema imunológico ( de defesa ) dos seres humanos, sem eles, o doente fica desprotegido e várias doenças oportunistas podem aparecer e complicar a saúde da pessoa. A pessoa portadora do vírus HIV, mesmo não tendo desenvolvido a doença, pode transmiti-la.

Formas de Contágio

A Aids é transmitida de diversas formas. Como o vírus está presente no esperma, secreções vaginais, leite materno e no sangue, todas as formas de contato com estas substâncias podem gerar um contágio. As principais formas detectadas até hoje são : transfusão de sangue, relações sexuais sem preservativo, compartilhamento de seringas ou objetos cortantes que possuam resíduos de sangue. A Aids também pode ser transmitida da mão para o filho durante a gestação ou amamentação.

Principais Sintomas da Aids

Como já dissemos, um portador do vírus da Aids pode ficar até 10 anos sem desenvolver a doença e apresentar seus principais sintomas. Isso acontece, pois o HIV fica "adormecido" e controlado pelo sistema imunológico do indivíduo. Quando o sistema imunológico começa ser atacado pelo vírus de forma mais intensa, começam a surgir os primeiros sintomas. Os principais são: febre alta, diarréia constante, crescimento dos gânglios linfáticos, perda de peso e erupções na pele. Quando a resistência começa a cair ainda mais, várias doenças oportunistas começam a aparecer: pneumonia, alguns tipos de câncer, problemas neurológicos, perda de memória, dificuldades de coordenação motora, sarcoma de Kaposi (tipo de câncer que causa lesões na pele, intestino e estômago). Caso não tratadas de forma rápida e correta, estas doenças podem levar o soropositivo a morte rapidamente.

Formas de Prevenção

A prevenção é feita evitando-se todas as formas de contágio citadas acima. Com relação a transmissão via contato sexual, a maneira mais indicada é a utilização correta de preservativos durante as relações sexuais. Atualmente, existem dois tipos de preservativos, também conhecidos como camisinhas : a masculina e a feminina. Outra maneira é a utilização de agulhas e seringas descartáveis em todos os procedimentos médicos. Instrumentos cortantes, que entram em contato com o sangue, devem ser esterilizados de forma correta antes do seu uso. Nas transfusões de sangue, deve haver um rigoroso sistema de testes para detectar a presença do HIV, para que este não passe de uma pessoa contaminada para uma saudável.

Tratamento

Infelizmente a medicina ainda não encontrou a cura para a Aids. O que temos hoje são medicamentos que fazem o controle do vírus na pessoa com a doença. Estes medicamentos melhoram a qualidade de vida do paciente, aumentando a sobrevida. O medicamento mais utilizado atualmente é o AZT ( zidovudina ) que é um bloqueador de transcriptase reversa. A principal função do AZT é impedir a reprodução do vírus da Aids ainda em sua fase inicial. Outros medicamentos usados no tratamento da Aids são : DDI ( didanosina ), DDC ( zalcitabina ), 3TC ( lamividina ) e D4T ( estavudina ). Embora eficientes no controle do vírus, estes medicamentos provocam efeitos colaterais significativos nos rins, fígado e sistema imunológico dos pacientes.

Cientistas do mundo todo estão trabalhando no desenvolvimento de uma vacina contra a Aids. Porém, existe uma grande dificuldade, pois o HIV possui uma capacidade de mutação muito grande, dificultando o trabalho dos cientistas no desenvolvimento de vacinas.

Você sabia?

- Dia 1 de dezembro comemora-se o Dia Mundial de Luta contra a Aids.

video
video

sábado, 12 de dezembro de 2009

BLITZ: DIA MUNDIAL DE COMBATE A AIDS


O ProJovem urbano de Sobral participou junto com a Casa de Apoio ao passiente soro positivo, de uma ação com a finalidade de alertar a população para os riscos de contrair aids. Esta ação ocorreu dia primeiro de Dezembro, de 17:00 as 19:00horas.

ProJovem Oportunizando o Desenvolvimento Comunitário

Este texto tem como objetivo apresentar alguns pressupostos básicos para melhor entender o papel desenvolvido pelos educadores do ProJovem e a eficácia do projeto na socialização, transformação dos jovens, que buscam com a nova visão de mundo adquirida com o aprendizado, as possibilidades de transformarem sua própria situação. O ProJovem Urbano, tem sido um grande desafio não só para os professores e coordenadores como também, para todos que estão envolvidos e comprometidos com a execução deste projeto que para alguns alunos é oportunidade, para outros é salvação.
Portanto, os educadores que atuam como facilitadores no pólo 1 núcleo Carmosina Sobral, vem trabalhando para satisfazer as necessidades deste público que só conheciam a discriminação, pelo fato de morarem no bairro Sumaré, periferia de Sobral. Já que, até os professores são questionados por estarem trabalhando neste bairro que na visão de muitos é um local perigoso, onde há pontos de negociação de drogas e consequentemente torna-se violento. Boa parte da literatura sociológica trata a pobreza e a desigualdade como tendo relação direta com a violência homicida. A taxa de analfabetismo é uma variável importante para analisar a qualidade de vida das pessoas e uma proxy de desigualdade. Contudo sua relação com crime de homicídio parece não ter relevância ( SOARES, 2008 )Por estas razões os alunos do ProJovem demoraram acreditar na seriedade deste projeto por vários motivos, os mais relevantes são os que dizem respeito as rejeições sofridas no cotidiano desta comunidade. Por tais motivos desconfiavam de tudo, até mesmo os conteúdos, dinâmicas para eles era besteira, ou qualquer atividade lúdica não era aceita com facilidade. Porém, aqueles que estão no nível de letramento, requer uma atenção especial por parte dos facilitadores que dispensam atenção especial para com estes alunos. Já com a finalização da Unidade I criou-se um elo de confiança entre os alunos, professores e o projeto, que oferece oportunidades, respeito no tratamento dispensados a eles, levando-os a se perceberem como cidadãos ou cidadãs, que estão construindo e transformando suas histórias e da comunidade. Hoje já não é tão difícil levá-los a falar sobre si, de suas vivências e até pedir explicações sobre como devem proceder em algumas situações. Tal transformação destes alunos tem sido construída de maneira gradativa. Atualmente eles falam de si com mais desenvoltura de suas dificuldades, frustrações, da não aceitação por terem feitos algumas escolhas. Portanto, passamos de intrusos a confidentes e conselheiros, o que aumenta nossas responsabilidades.

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

TODOS CONTRA A HANSENIASE

Hoje às 19:00h será realizado um evento para concientização da população do bairro sumaré na cidade de Sobral, sobre os riscos da hanseníase, pelo fato de haver grande incidência da doença neste local.

domingo, 6 de dezembro de 2009

SER JOVEM HOJE

SER JOVEM HOJE

Autor: Manoel Ferreira de Oliveira*

O mundo passa por mudanças radicais em todos os sentidos e seguimentos que permeiam a existência humana, independente do extrato social em que se está inserido. Com a expansão das comunicações, e a globalização, nos é imposta tantas mudanças que torna-se difícil de assimilar ou acostumar-se com tal bombardeio. No entanto, temos que nos adequar a elas, seja na educação, no trabalho, até mesmo como comportar-se de acordo com as exigências das mesmas. No Brasil, vem sendo desenhado um sistema de proteção social, que tem como destino todas as políticas sociais, como: educação fundamental, assistência social, saúde, saneamento e habitação popular, com exceção da previdência social (Revista Brasileira de Ciência Social-vol. 14 nº 40. junho/99). O deficit social brasileiro fomentou, ao longo de sua história, o desenvolvimento de uma massa de pessoas que não tiveram oportunidade de estudar, de praticar esporte, de sentir-se parte de uma sociedade, conhecer seus direitos e deveres, ter acesso ou compreender como funcionam as novas tecnologias e ser coadjuvante da construção do seu desenvolvimento intelectual e profissional. As políticas educacionais vêm sendo desenvolvidas com foco preventivo, pelo fato de oportunizar as crianças em idade escolar de participarem da construção de uma nova sociedade e evitar o que aconteceu no passado. As estatísticas mostram o tamanho da dívida do Estado para com os jovens de 18 a 29 anos. Portanto, as políticas educacionais tentam evitar o crescimento deste deficit.
Vários projetos foram desenvolvidos com a esperança de minimizar tal débito. Porém, nem todos tiveram o resultado esperado, talvez por falta de conhecimento dos elaboradores dos mesmos na profundidade das necessidades inerente a cada região. Portanto, fez-se necessário uma pesquisa aprofundada em âmbito nacional, que fornecesse subsídios para a elaboração de projetos que atingisse com maior eficácia a raiz dos problemas. Um destes projetos é o ProJovem Urbano, que incluiu na elaboração e na execução do mesmo instituição e profissionais de auto nível comprometidos com o resultado. Para tanto, foi desenvolvida uma rede de parceria entre Governo Federal, Governo Estadual e Municipal, Universidade Federal e Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT) Cada um contribuindo de acordo com suas competências.
Construir ou resgatar a cidadania de quem perdeu ou nunca teve (por motivos diversos), é necessário compreensão, maleabilidade do facilitador/orientador para conscientizar tal clientela de seus direitos e deveres, da sua importância e de seus valores enquanto cidadãos ou cidadãs. Fazer com eles uma retrospectiva da estória de sua cidade, de sua comunidade e por ultimo de cada um individualmente, levando-os a pensar no que foi sua comunidade, o que é agora e o que eles desejam ou pensam para um futuro próximo. Levá-los a pensar em mudanças pode ser o começo, ou o despertar de uma nova visão de mundo, de novas perspectivas, para estes jovens. Fácil não é, porém, é possível conscientizá-los de que existem outras realidades e que as chances de mudanças com o ProJovem Urbano são reais. Essa certeza tem uma razão de ser, pelo fato, deste projeto ter sido desenvolvido para todo Território Nacional e podendo se adequar a qualquer realidade. Para tanto, os professores que atuam no ProJovem passam por uma qualificação, para conhecer o programa e como atuar fazendo as adequações de acordo com a realidade dos educandos.
O comprometimento e respeito pelos educandos, são algumas das qualidades necessária para atuar como facilitador de aprendizagem, isto inclui uma preparação sólida em todos os aspectos da didática, da teoria e da prática.


*Professor do ProJovem Urbano de Sobral

PROJOVEM URBANO DE SOBRAL EM AÇÃO





O Fórum de Sobral, promoveu um encontro de vários Órgãos que atuam na área social, para lembrar a luta sobre a violência contra a mulher. O PROJOVEM URBANO DE SOBRAL foi um dos convidados e fez o trabalho de conscientização da população, distribuindo panfletos e convidando as pessoas a participarem. visto que este tipo de violência está muito presente em nossa região.